HONEYWELL FORNECERÁ TURBO GARRETT PARA O MOTOR FERRARI DA FÓRMULA 1

6/3/2014

 

Alta Resolução Principal categoria do automobilismo mundial adota as tendências globais de downsizing e turbo já utilizadas nos carros de passageiros

 

A Honeywell Turbo Technologies é a fornecedora de turbos para os novos motores V6, com 1.6L, da Escuderia Ferrari de Fórmula 1 que disputará o Campeonato Mundial de Marcas e Pilotos deste ano com Fernando Alonso e Kimi Raikkonen. 

 

De acordo com a empresa, o turbo Garrett foi desenvolvido em parceria com a engenharia avançada da empresa italiana e o novo motor turbo Ferrari terá potência equivalente a um propulsor dez vezes maior, utilizado em caminhões extrapesados. A empresa informou também que o projeto do novo turbo envolveu os mais avançados recursos de tecnologia de regeneração de energia para atender outros sistemas dos carros de competição. 

 

Este ano, a Fórmula 1 adota as tendências globais de downsizing e turbo já utilizadas nos carros de passageiros para melhorar a economia de combustível e emissões sem sacrificar a performance de condução. O motor da F1 de 2014 representa a aplicação de tecnologias específicas - inclusive na área de recuperação de energia de calor - o que poderá favorecer ainda mais a evolução dos veículos nos próximos anos. 

 

"Para vencer na Fórmula 1 nosso powertrain não pode ter nenhum ponto fraco e a Honeywell nos ajudou a encontrar as soluções de downsizing que precisávamos para atender as novas regras sem comprometer a performance", disse Luca Marmorini, diretor de motores e sistemas eletrônicos da Escuderia Ferrari. 

 

Gavin Donkin, vice-presidente de tecnologias avançadas e motorsport da Honeywell, esclareceu que a Fórmula 1 adota as mesmas tendências de downsizing e turboalimentação já observadas em carros de passeio para reduzir consumo e emissões sem sacrificar o desempenho, mas os motores da temporada 2014 possuem tecnologias específicas - incluindo a área de recuperação de energia de calor - que pode moldar carros de passeio mais avançados nos próximos anos. "Estamos muito entusiasmados em poder colaborar com o time mais vitorioso na história da Fórmula 1, em um pacote extremamente desafiador de novas regras estabelecidas pela FIA", salientou. 

 

O vice-presidente acrescentou que a Honeywell tem um legado de 60 anos de desenvolvimento de tecnologias de turboalimentação, construído pela área de motores a jato da empresa, e mantém a liderança global com o lançamento médio de 100 turbos a cada ano para automóveis e veículos comerciais em parceria com a maioria das principais marcas e montadoras mundiais.

 


 

Tags:

Please reload

Posts Em Destaque

CIDADE DE BAURU JÁ TEM DOIS ÔNIBUS 100% ELÉTRICOS MARCOPOLO TORINO LOW ENTRY EM OPERAÇÃO

November 26, 2018

1/1
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo